Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

Mudança de hábito

(cr-8.002)

 
 
 
 
 
 
 

Eu já fui pobre...

Filho de mãe que nasceu analfabeta...

E nunca tive vocação nem para pedreiro.

  

Eu já fui peão...

Já fui traidor de companheiros...

E já todo me borrei...

Quando um dia fui preso e me ferrei.

  

Eu já fui cagueta...

E na caguetice...

Cometi a trairice...

de Companheiros eu deixar se phuder.

  

Eu já fui do povo...

Soube enganar o povo...

Mas fiquei rico graças a este povo otário...

Que em mim acreditou.

  

Eu já fui safado...

Não !!! Corrigindo...

Eu já fui safado...

Mas amigos mais safados do que eu...

Me ensinaram a ser mais safado ainda que eles.

 

Eu já freqüentei puteiros...

Já freqüentei forrós...

Já tomei muitos gororós...

Mas agora...

Quero apenas viver na boa e na fartura...

Rindo da SUA amargura...

Por ver-me...

Ter mudado todos os meu hábitos.

  

Trouxa és tu...

Que em mim acreditou...

E que hoje tem mais mesmo...

É que tomar no Kú.

  

Quem sou eu?

Aquele esperto que te enganou...

E que você otário...

Em mim acreditou.

  

Seu amigo Luizinho.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Copyringht©2000/2015 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998