Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

Como analisar o PT?

(cr-8.003)

 
 
 
 
 
 
 

A exatos 35 anos atrás, mais precisamente no mês de Fevereiro de 1980, no ABC paulista foi fundado o primeiro partido fora da dupla Arena e MDB e este novo partido foi orquestrado, gerido e mal intencionado não por honestos trabalhadores, mas sim pela classe intelectual e um bando de oportunistas que tinham a ideia de dar um golpe no país. Seu mentor intelectual, ao contrário do que todos pensam não foi o Nine, ou Brahma, ou X9, ou o cagüeta Lula, mas sim o FHC que usou este imbecil oportunista como boi de piranha, mas isso é passado.

 

Hoje, 35 anos depois vemos uma enxurrada de coisas ocorrendo no país os quais não começaram agora, mas sim ainda no ano de 1985 quando os militares entregaram o poder nas mãos destes marginais que dominaram, dominam e dominarão a nossa pátria mãe se NÓS, os imbecílicos e idióticos eleitores brasileiros não nos unirmos e nem que seja na base do sangue da guerra, lutarmos por nossa pátria.

 

Vamos aos últimos acontecimentos deste nefasto e combalido partido do PT, que tem a cumplicidade do PMDB e a oposição mentirosa e de papel do PSDB, DEM e dos demais partidos aliados todos em dois movimentos, o de ferrar e o de se aproveitar deste povo omisso, folgado e covarde, o qual espera que um anjo enviado por Deus desça do céu e venha fazer o trabalho sujo para eles.

 

Estes dias surgiram os boatos do suicídio da presidentanta guerrilheira terrorista Dilma Rousseff, o qual foi seguido de suspeita de bomba no palácio da Ilha da Fantasia (Brasília) e a piada da tentativa de Habeas Corpus para o inocente e bondoso ex presidente, o canalha e safado Luiz Inácio, o tal de Santo Lula, ou o imperador Dom Luiz I, querendo preservar a sua liberdade, mesmo ele tendo berrado, esperneado e gritado ao mundo que é inocente (Todos os que estão presos dizem isso).

 

Agravando-se a isso, a presidentanta guerrilheira assassina Dilma Rousseff ainda se enrolou toda com as idiotices pronunciadas por sua boca asquerosa comentando sobre milho, mandioca, defesa do Luizinho que a critica e as boas e más merdas que ela fala a todo instante chegando ao cúmulo de querer ser pior ainda que o seu antecessor e até se comparando, ou criando a tal da mulher sapiens.

 

Luiz Inácio desce a lenha nela a chamando de irresponsável, inconsequente, má intencionada e a anta ainda diz que ele tem direito de dizer isso porque ele pode (somente ele é quem pode) e para ajuda-los na sua eminente queda, o outro companheiro de quadrilha, o desgovernador do Estados das Minas Gerais ainda se encontra na mira dos valorosos policiais da Polícia Federal e não irão demorar nada para mandar mais um ¨anjo¨ passar uma temporada na Papuda e cabe aqui salientar que, Fernando Pimentel é amigo pessoal de Dom Luiz I (o tal de Lula).

 

Dom Luiz I e sua boba da corte, a sub-rainha Dona Dilma Espoleta Rousseff estão entrando não em uma maré de queda, mas sim estão mais abaixo do volume morto das águas imundas do poder, bem como estão na mira do elogiável juiz federal Sérgio Moro (que Deus o proteja.

 

Não posso esquecer também das ameaças pronunciadas poucos dias antes da morte do candidato Eduardo Campos, o qual poderia ter mudado os rumos das eleições de 2014, onde Dom Luiz I esbravejou as palavras... ¨Eles não sabem... eles não sabem, do que seremos capazes de fazer para manter Dilma por mais quatro anos no poder¨. Como eu sou um debilóide nem vou me lembrar que quatro dias depois de tal ameaça o avião onde estava o Eduardo caiu e a culpa é claro foi jogada no espaço, depois que tentaram dizer que a culpa fora do piloto.

 

Vejo também que outra cobra, Marta, a Martaxa que insiste em manter o nome de Suplicy, mesmo depois de ter se separado do alucinado Eduardo, se desligar do partido dos Traíras e descer a lenha na imperatriz Dilma Bandoleira Rousseff e dizer que ela mentiu na campanha de 2014, (Oh! Como se isso fosse novidade) e pior, agora esta outra facínora tem o apoio do governador Geraldo Alckmin, o Chuchuzinho, para a eleição do ano que vem para a prefeitura de São Paulo, demonstrando assim que, entre eles, os inimigos somos NÓS, eu, você e todos estes mais de 203 milhões de idiotas que compõem a população desta terra de bandidos.

 

Moramos em um país, o primeiro em todo o planeta, onde a presidência da República foi terceirizada e o poder supremo da nação está nas mãos de três perigosos bandidos, Michel Temer, Eduardo e o famoso homem que traiu a mulher e para se desculpar arrumou aquele monte de notas frias de vendas de carne para açougue que nem existia, o tal do Renan Calheiros.

 

Pois bem meus amigos leitores, vivemos em um país que além de maltratado, machucado, estuprado, judiado e ferrado, ainda temos milhões de idiotas que morrem e matam por estes bandidos e se querem saber, nem devem receber para defender aos seus ídolos e deuses.

 

Dom Luiz I, através do catador de merda de elefantes (seu filho Lulinha II) comprou e está comprando TUDO o que pode e o que não pode: Companhias áreas, construtoras, restaurantes, empresas de gêneros alimentícios, bancos, juízes, desembargadores, ministros, a imprensa jornalística e televisiva e este povo mesmo vendo e sabendo não faz absolutamente nada.

 

Este mesmo Dom Luiz I e sua imperatriz Dilma faliram e quebraram a maior empresa do país. Quebraram milhares de empresas, causaram o desemprego e aqui vem a ressalva de que o partido deles é ironicamente a dos trabalhadores, perderam os rumos da inflação e a desvalorização de nossa moeda. Com o nosso dinheiro construíram várias obras por vários países da América e da África e o engraçado (humor negro) é que o Porto de Cuba, pago com o dinheiro de NOSSO banco o BNDES foi vendido para os Estados Unidos da América e para a Rússia por uma fortuna e o povo aqui deste falido país não tem saúde, educação, saneamento e o pior, perdeu até a dignidade.

 

O que falta ainda para que eles dominem de vez o nosso país?

 

NADA, pois eles podem não ter me comprado e nem me domesticado para que lhes pedisse a benção e me fizesse abaixar a minha cabeça, mas e quanto a você, o que fez, faz ou fará para mudar isso?

 

Eu pelo menos ainda mostro a minha indignação através da escrita e pegarei em armas se for necessário a fim de mostrar ao mundo que aqui ainda tem ao menos UM homem, nem que seja o ÚNICO que tem saco roxo e não se verga para eles.

 

Paulo Fuentes

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Copyringht©2000/2015 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998