Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

 

105º dia

 
 
 
..........

Quiridu diáriu!

 

Nem sei purque piguei na caneta pra iscrivê ôce hogi. Na virdadi nem é caneta, mais tantu faiz purque é a misma cosa, purque ôce tá lendu du mesmu geito.

 

Hogi fui um sábadu xatu. Primeru us militontos gritando logu cedu aquela porra di bum dia prisidenti! Caraio! Nem sô mais prisidenti i estas bestas nãum si derão cunta disso. Bando de idiotas, mais ieu ainda pricisu delis.

 

Dipois a porra du puliça vindu aqui lendu a porra du diáriu pragiado daqueli porra di iscritô du caraio. Ainda vô pegá eli.

 

Dipois quirendu qui ieu foçe até lá nu puxadinhu da cubertura pra tomá ventu. Eli divia era tumá ventu no rabu deli. Puliça filhu da puta.

 

Dipois tomá a porra du café cum leite qui hogi veiu giladu di novo i dipois nãum fazê nada. Sem visita i sem nada pra fazer i nem tendu cum quem cunverça. Que merda da porra. Tô ficandu cançadu di ficá preso. Axu qui vô pidi transferenssa, si bem qui ieu axu qui o doto Moro nãum vá dá.

 

Cançei di iscrivê vô inche a cara i dipois durmir.

..........

 
 
 

 
 
Copyringht©2000/2018 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998