Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

 

10º dia

 
 
 
..........

Caraio de diário!

 

Hoje to todo atrapalhado. Acho que foi por causa de umas gotas que tomei de goró no encontro com os companheiros aqui nesta cela que nem chega a ser cela e que também não é minha.

 

Hoje os companheiros Vanessa, Regina, Fátima, o Lindbergh, o Paim e o Paulo Rocha, além da cadelinha submissa.

 

Me contaram que a juiza de merda proibiu a entrada de outros senadores que queriam me ver e dar apoio e não pude ver o Capiberibe, a Lídice, o Humberto e o Pimentel e disse que eles não faziam parte da porra da comissão dos direitos humanos e o que ela entende disso?

 

A conversa foi boa e no final quando eles saíram pedi para que a cadelinha ficasse um pouco mais e bem que eu não queria ser broxa, pois se não fosse o lobo ia uivar, mas o lobo hoje só mia. Que merda, mas para minha surpresa, a cadelinha trouxe escondido um pouco de manguaça e mesmo sendo pouco, porque ela temia ser pega com a bebida, foi como se eu tivesse tomado um porre. Quase chorei de felicidade e finalmente tinha algo para tomar que não fosse a porra da água.

 

foram embora e passei alguma ordens para que eles seguissem e quero incendiar este país de merda e que este povo de merda vá para a merda a fim de aprender que eu sou eu e eles são nada.

 

Fiquei sabendo que o Guilherme invadiu o meu apartamento e me diverti com o barulho que me falaram que ele fez lá. A policia filha da puta apareceu para acabar com a festa, mas mesmo sendo pouco valeu a pena, porque se ele não é mais meu, a ordem era para destruir tudo lá dentro. Foi uma pena que não conseguiram a ordem que eu dei.

 

Agora irei deitar e hoje sei que conseguirei dormir bem, porque a manguaça, mesmo sendo pouca valeu a pena e agora irei para a cama porque hoje mesmo preso estou feliz, porque não tomarei aquela água e sim a minha manguacinha querida e eu adoro a cadelinha amestrada.

..........

 
 
 

 
 
Copyringht©2000/2018 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998