Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

 

3º dia

 
 
 
..........

Mais um dia que se inicia. Que porra que é esta prisão. Eu deveria ter me mandado da merda deste país a muito tempo e agora só me resta esperar que o Marquinho me de o habia corpo até amanhã, senão vou caguetá-lo também.

 

Que merda. Preciso beber e aqui só tem água e cansei de pedir isso para estes policiais que só olham para mim como se eu fosse um bandido e se esquecem de quem sou eu. Não vou deixar sequer um deles escapar quando eu voltar.

 

Hoje irei falar com meus advogados e vou tentar conseguir que eles me arrumem algo para beber porque nesta merda aqui só tem água e isso é coisa que não me ajuda em nada. Preciso de cachaça.

 

To de saco cheio daqui e quero comer coisa decente, porque esta merda que servem aqui é comida de pobre e pobre só serve para me endeusar e sair na rua para me defender, se bem que tenho que pagar para que alguns fiquem de plantão a minha disposição e os outros que se fodam.

..........

 

 

 

 
 
Copyringht©2000/2018 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998