Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

 

56º dia

 
 
 
..........

Diáriu!

 

Mais um dia que passou comigo bebido. Tomei tudo qui tinha direto onti e isqueci di iscrevê di noite.

 

Onti foi um dia chato. Não tive vizita porque a cadelinha só em aqui di quinta fera e os meus filhos da puta nem lembram que sô pai deles e eu achu qui não sô mesmo, mais quero qui eles si fodão porque quando eu voltá a se presidente mando prendê eles por isso.

 

Onti eu tava conversando com um puliça aqui e eli mi disse qui eu estava pra sê transfiridu pra uma pinitenciária, porque já deu meu tempu aqui.

 

Ele mi diçe isso porque eu tava bravo (sempre fico quando to sem bebê) e eli mi falô qui eu divia ir pra pinitenciária de doidus. Não quero ir pra lá, porque não sô doidu, mais também não posso pedi nada porque si pedi estarei recunhessendo a minha culpa.

 

Ai lembrei qui o companhero Zé Dirceu mi falô que ele já pucho cadeia lá e qui era um paraízo. Paraizo o caraio. Desdi quando que fica preso é paraizo?

 

Dispois, onti, quando ele saio da cela eu peguei a minha pinguinha, sentei no canto da cama e bibi até fica bibado e foi bom porque di noite passo o jogo do parmera e a porra do time dos porcus ganho di virada do time dos viadinhos por 3 a 1. Ai foi que bibi maiz ainda.

 

Agora vô durmi.

..........

 
 
 
 

 
 
Copyringht©2000/2018 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998