Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

 

5º dia

 
 
 
..........

Querido diário! Cacete! Querido o caraio. Estou ficando doido. Cinco dias preso e sem tomar sequer uma gota de pinga. Aqui só tem água e mais água, mas como não tenho nada para fazer e só tem a televisão emprestada que só fala mal de mim e daqueles filhos das putas do supremo que não me tira daqui vou escrever.

 

Dormi pouco esta noite. Aqui não tem nada pra eu fazer. É só dormir, ter duas horas de sol, voltar para esta porra de cela. Ver televisão, comer e dormir. Pior que nesta merda de televisão só pega canal da TV aberta. Nem filmes tem para eu ver. É uma tortura, Quero beber e só tem a porra da água. Já estou ficando com raiva dela.

 

Ontem fiquei pensando no que estes bostas dos meus advogados estão fazendo e só estão fazendo merda e pior que estou pagando muito caro para eles fazer isso. Outra coisa são estas que a cadelinha da galeguinha está fazendo. Só tem ideia de merda e está cada dia mais me fudendo.

 

Este povo besta que está ai na rua me defendendo é até bonito de ver, mas cadê aquele povo em quantidade que saia na rua para gritar meu nome em coro de Lula lá?

 

Vi em um jornal que um policia trouxe para mim a reunião de meia dúzia de fãs meus lá em Salvador. Uma decepção. Estou perdendo meus seguidores e logo nem para os que a galeguinha está pagando com o meu dinheiro terei mais. Precisa beber, mas nesta porra aqui só tem água e quente.

 

Ontem eu vi na televisão aqueles merdas daqueles ministros que negaram os habia corpo do Paroci e do Maruf e fiquei preocupado. Se negaram os dele como irão justificar o meu, mas tem que me tirar daqui com urgência. Meu advogado de merda prometeu que me tiraria daqui até sexta e amanhã é sexta e para piorar é sexta 13, mas já não estou acreditando mais nele.

 

Para piorar ainda mais, estão falando de me mandar para uma prisão militar e se eu for pra lá estarei fudido de tanto que eu fudi com aqueles milicos filhos da puta. Preciso beber algo alcoólico, mas aqui nesta porra de cela só tem água e daqui a pouco chegará de novo aquela merda de pãozinho amanhecido com o café com leite sem açúcar.

 

Quero beber a minha pinga e nesta cela de merda só tem água e vou pedir pra galeguinha enfiar dentro dela uma garrafinha e vir me fazer uma visita íntima assim eu bebo água que não seja esta merda de água que me dão aqui.

..........

 
 
 

 
 
Copyringht©2000/2018 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998