Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
 
 

 

8º dia

 
 
 
..........

Hoje não tem porra nenhum de querido diário e se ele gostasse de mim eu diria que to com o capeta no corpo.

 

Que porra de frio é este que está assustando os meus militantes bem pagos com meu dinheiro? Começou a chover aqui e esfriar e estes porras do caraio foram embora. Isso foi o que me informou o policia dando risada.

 

Passou até a minha vontade de beber isso, porque se eles forem embora os pranos que tinha feito com a cadelinha irá afundar na água e por falar em água, aqui nesta porra desta cela só tem esta merda para beber.

 

Hoje o almoço foi uma merda. De manhã foi a porra do pão amanhecido e o café com leite e estava frio. Foi foda de tomar. Na hora do almoço serviram macarrão com uma coxa de frango e arroz. Para beber trouxeram um suco com um gosto que nunca senti na vida. A tarde não teve café e agora a pouco trouxeram a janta. Uma sopa de sei lá o que e no meio dela tinha pedaços frango do que restou do almoço.

 

Não pude ir lá fora tomar banho de sol hoje, porque o sol nem apareceu. O cobertor que tenho não vai me esquentar porque está um frio da porra por aqui e estou preocupado porque depois de amanhã, na terça feira, estão falando que irão me mandar ir para a penitenciária dos doidos e lá a merda é pior que aqui, porque lá eu posso ficar com algum preso ou sozinho e o policia já me falou que o banho lá é gelado e se eu abrir a boca para reclamar vai ficar pior ainda.

 

To assustado, porque acho que meu poder está sendo manipulado e escutei que está para este juiz de merda me dar uma prisão preventiva e se ele der isso ai sim eu estarei ainda mais fodido e aqueles advogados não cumpriram o que me prometeram e os ministros comprados do supremo estão mudando de lado, mas vou esperar para ver.

 

Agora vou deitar e ver televisão e minha única alegria hoje foi ver o meu curintião ganhar dos pó de arroz lá do Rio de janeiro.

..........

 
 
 

 
 
Copyringht©2000/2018 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998