Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
   
   
 

Entre quatro paredes

 

(prm-100.009)

   
   
 

E ali...
Estava..
Eu e você...
Naquela cama macia...
Nos olhando...
Fixamente nos olhos.

Não havia...
Motivo algum...
Para que...
Qualquer palavra...
Fosse pronunciada.

Nossos corpos...
Sedentos de amor...
Falavam por nós.

Nossas bocas...
Sem a necessidade...
De palavras faladas...
Pronunciavam bem...
O que estava por vir.

Ambas se buscaram...
E o bailar de nossas línguas...
Nossos corpos percorreram...
Fazendo com que...
Nossos corpos...
Se aquecessem de tal forma...
Que a conjugação carnal...
Foi inevitável.

Um sussurro seco...
De sua boca surgiu...
E pediu...
Me possua por favor.

Não havia necessidade disso...
Pois o momento era previsível...
E a barreira do impossível...
Foi rompida em um suspiro de amor.

Nossos corpos se fundiram...
Movimentos penetrantes...
Incansáveis...
Incessantes.

O ápice estava por vir...
Seu corpo se comprimiu...
E você explodiu...
Em um grito...
No misto de prazer e paz...
E senti-me incapaz...
De dizer o prazer...
Que isso me proporcionou...
Mas sabendo que ali...
Dentro das quatro paredes...
Nosso amor não terminou...
Porém deu um aviso...
Que muitas outras vezes...
Ele ainda se fará presente...
Em vários momentos de amor.

 
 
Copyringht©2000/2015 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998