Apresentação
Apoio cultural
Área restrita
Biografia
Cadastrados no site
Cadastre-se
Contato
Crônicas
Fãs clubes
Livros
Poesias
Prêmios
 
 
 
 
 
 
 
 
  conteúdo do documento
 
   
   
 

Velho cansado

 

(prm-99.997)

   
   
 

Sinto-me cansado...
E quem sabe...
Começando a sentir...
O peso dos anos...
Entrando pelo meu corpo.

Sinto-me cansado...
E mesmo não acabado...
Fico pensando no tempo...
Em que já vivi.

Parece-me que foi ontem...
Que eu no vigor da juventude...
Ansiava por ter filhos.

Os tive é verdade...
Mas nem assim...
Vendo-os crescer...
Me dei conta de que...
Não eram eles que cresciam...
Mas sim que eu era quem...
Estava envelhecendo.

O tempo passou...
E os meus filhos...
Se tornaram adultos...
E quando eu ainda sonho...
Em poder ter filhos...
Eis que estou prestes...
Quem sabe ...
A ser vovô.

É !!!
O tempo de fato passou...
E aquele jovem guerreiro...
Que lutava e ainda luta...
Contra as causas...
Quase impossíveis.

Hoje se recente disso...
E começa a se sentir...
Como um velho cansado.

 
 
Copyringht©2000/2015 - Paulo Fuentes®
Todos os direitos autorais reservados de acordo com a lei nº 9610 de 19/02/1998